Descrições de produtos podem salvar seu e-commerce

O momento é favorável. Vemos muita gente prosperando na web, mas muitas vezes não entendemos como. A dica é: Comece pelo simples. É importante ter uma plataforma bacana, com experiência de navegação adequada aos públicos alvo, mas sem boas imagens e informações detalhadas, seus clientes vão direto para a concorrência.

Não publique descrições idênticas
Se você simplesmente copia a descrição do produto diretamente do site do fabricante, mude a forma de agir. O Google irá categorizar sua página como cópia, algo irrelevante para quem busca informações de produtos. Para evitar isso, pense na descrição como um ponto fundamental e, ofereça o melhor para seus clientes. Fale a “língua” deles, misturando textos informativos e dados técnicos.

Imagem é tudo? Sim, use várias!
Quanto mais imagens, de ângulos e níveis de detalhamento diferentes, melhor para seu negocio. Se o produto tem diferentes cores e acabamentos, tenha fotos de todos. Uma estratégia interessante é convidar seus clientes a enviarem fotos próprias. Crie uma galeria “dos clientes” e publique as melhores imagens.

Conteúdo rico e abundante = Maior interesse e vendas
Pense que muitas vezes seus clientes nunca viram ou tocaram determinado produto, então incremente a experiência com vídeos, tutoriais e tudo que possa ampliar a percepção. Trabalhe diretamente com o Blog, e ofereça um olhar mais demorado sobre o uso diário, vantagens e pontos de atenção. O cruzamento desses conteúdos irá resultar em melhores resultado na busca orgânica e, você pode se tornar fonte de informação para outros sites e blogs. Tudo isso reflete diretamente nos resultados em conversões e vendas.

Para continuarmos a conversa:
Taxa de conversão, ticket médio e CTR já são termos familiares pra você?

Website | + posts